Ontem quando escutei o som da sua voz, chorei, mas não foram apenas lágrimas ou simples lágrimas que caíram, chorei profundamente. Você indiretamente influenciou muita coisa na minha vida, muita coisa mesmo. Lembrei da época que apenas te amar era suficiente pra eu me sentir feliz, incondicionalmente feliz. E todos os problemas que eu tenho agora não existiam, e nem existiriam se eu continuasse apenas te amando, as coisas eram mais simples de alguma forma, mas eu não sabia disso, agora eu descobri de uma forma bem grosseira. Não quero me arrepender de nada, e nem chorar por algo que não vai voltar. Por que não vai voltar, eu já me conformei. Era tão lindo a inocência de te amar e me contentar com o simples fato de você retribuir com um sorriso, era algo indescritivelmente divino, porque era um sentimento que me fazia bem e agora a minha felicidade se encontra em coisas passageiras, que não valem a pena serem lembradas no futuro. Mas o tempo que eu te amei vai ser lembrado pra sempre com muito orgulho, e não importam o que digam, porque eu fui a pessoa mais feliz do mundo por ter você na minha vida. Eu cresci, eu mudei, eu me perdi de você. Mas ontem te encontrei, e acordei. O que eu estou fazendo? não importa mais, eu sei que não vai voltar, mesmo que eu queria. Não vou me enganar. Só queria que você soubesse, queria que o vento assoprasse pra você o quanto eu te amo, e talvez se você pudesse retribuir mais uma vez, o congelar do seu sorriso na minha mente, pra eu sempre lembrar que você está aqui, não longe e nem perto. Eu só queria que você voltasse e ficasse mais não por obrigação, só ficasse pela sua vontade, eu queria que você curasse todas as feridas que você deixou, que a sua ausência deixou aqui no meu peito, parecia que iria durar pra sempre o amor de nós dois, não queria um fim assim, não queria me afastar, mais foi preciso, não queria te perder por inteiro. Sabe eu ainda estou aqui, te espero, sei que é perda de tempo, mas estou aqui, pode demorar, irei esperar o tempo que for pra te ter, nem que seja por segundos, não importa. Eu te amo tanto. Eu ainda tenho tudo na mente, perfeitamente, cada gesto, cada eu te amo, cada abraço, beijo. Ainda tenho na mente o dia que resolveu jogar tudo fora e me deixar, mas como eu disse eu estou aqui. Apenas aqui, da mesma forma que estava antes.
theme por nostalgia-surreal; base por amar-gura; alguns detalhes originais da im-mutable, inexistir e amar-gura; inspirado em inexistir. NÃO COPIE, PF:|
Tua bagunça se ajeita bem com a minha.
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 48 notes | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
Garçom, mais uma dose dela, por favor.
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 1 note | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
É você
— sempre vai ser. (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 25 notes | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
O silêncio vale mais do que mil desculpas.
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 1 note | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
Eu não consigo fingir que não me importo.
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 1 note | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)

Meu calmante natural: O texto que você nunca leu.

meucalmante:

Eu queria meu telefone tocando agora, e do outro lado a tua voz com aquele sotaque que senhor, me excita. Eu te queria repetindo “Te amo” várias vezes seguidas só pra satisfazer minhas vontades loucas de ouvir isso de ti, Eu te queria cantando ( Mesmo sem saber cantar, como já diz você ) as…

Posted 14 June 2013, 1 year ago | 3 notes | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
É que eu morri a quase uma hora e esse corpo ainda perambula pela casa por pura teimosia.
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 1 note | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
Mais eu sei, que nem que tenha sido apenas um tris, o teu amor me pertenceu.
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 1 note | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
Tivera minha alma o poder de sair desse corpo e viajar por entre as estrelas
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 6 notes | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
É que não sei pertencer a mais ninguém.
— meucalmante (via meucalmante)
Posted 14 June 2013, 1 year ago | 1 note | reblog this post
(originally meucalmante / via meucalmante)
Foi entao que percebi
(...) que eu te quero tanto.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »